Os três tipos de perda dolorosa de que ninguém costuma falar a respeito

O autor do livro Grief Is a Journey (sem tradução no Brasil) explica como algumas de nossas perdas mais dolorosas passam despercebidas por amigos e família — e até mesmo por nós mesmos:

Continuar lendo “Os três tipos de perda dolorosa de que ninguém costuma falar a respeito”

Anúncios

motherhood-family-oil-painting-us-today-original-by-gioia-albano-gioia-albano

Gerda Boyesen, a mãe suficientemente boa descrita por Winnicott.

Artigo publicado na Revista Reichiana numero 11, São Paulo, 2002:

Chamar Gerda Boyesen de a mãe suficientemente boa é uma metáfora para descrever posturas do psicoterapeuta biodinâmico que vão levar a um holding e aorder viagra um manejo suficientemente bom na prática clínica, oferecendo ao paciente algo de fundamental importância: a oportunidade de Ser.

O presente artigo tem por objetivo:
I ) ampliar o conhecimento sobre a questão maníaco-depressiva por intermédio da descrição de um caso clínico atendido por Gerda Boyesen e através das visões da Psiquiatria, da Medicina chinesa, da estrutura de caráter descrita por David Boadella e da defesa maníaca descrita por D. W. Winnicott;
II ) estabelecer conexões entre os conceitos de Winnicott e a Psicologia Biodinâmica de Gerda, usando para isto o caso de psicose maníaco-depressiva (o paciente Oscar), tratado por ela.
Neste tratamento, Gerda usa técnicas de massagem como um manejo suficientemente bom, que possibilita o restabelecimento dos ritmos internos psíquicos e orgânicos do paciente. Por um lado, ela atua como pai que dá limites, quebrando a relação fusional (simbiótica) entre o paciente e sua mãe.
Por outro, ela funciona como mãe suficientemente boa, que propicia a retomada do desenvolvimento emocional primitivo e lida com aspectos do paciente relativos à fase da posição depressiva, fortalecendo o ego e o despontar do verdadeiro self de Oscar.
O pediatra inglês D. W. Winnicott iniciou sua vida profissional na década de 20, num hospital infantil. Ao cuidar de crianças com doenças orgânicas, ficou inconformado com as explicações etiológicas puramente orgânicas. Em sua busca por explicações mais consistentes, estudou a obra de Freud e aprofundou seus estudos com Melanie Klein, de quem divergiu em alguns pontos. Desenvolveu suas pesquisas de forma independente, escrevendo artigos que foram publicados sob o título de Textos selecionados da Pediatria à Psicanálise (1978).
Como psicanalista, Winnicott pertence à escola das relações objetais.
  Continuar lendo “A mãe suficientemente boa”

O título do livro do sociólogo polonês Zigmunt Bauman é sugestivo e, sobretudo, apropriado para um sentimento que não se submete docilmente a definições.

url-5Professor emérito de sociologia nas Universidades de Varsóvia e de Leeds, na Inglaterra, ele tem vários livros traduzidos para o português, e o tema recorrente em sua obra são os vínculos sociais possíveis no mundo atual, neste tempo que se convencionou denominar de pós-modernidade.

A noção de liquidez, quando se refere às relações humanas, tem um sentido inverso ao empregado nas relações bancárias, a disponibilidade de recursos financeiros. A liquidez de quem tem uma conta polpuda no banco, acessível a partir de um comando eletrônico é capaz de tornar qualquer desejo uma realidade concreta. É um atributo potencializador. O amor líquido, ao contrário, é a sensação de bolsos vazios.

Continuar lendo “A FRAGILIDADE DOS LAÇOS HUMANOS”

Ciência explica por que reclamar altera negativamente o cérebro

Captura de Tela 2016-04-04 às 22.42.35Ouvir alguém reclamar, mesmo que seja você mesmo, nunca fez bem. Algumas pessoas dizem que reclamar pode agir como uma catarse, uma maneira de descarregar emoções e experiências negativas. Mas olhar com mais atenção ao que o ato de reclamar realmente faz para o cérebro nos dá motivos reais para lutar por um estado de espírito mais positivo e eliminar o mimimi de nossas vidas.

O cérebro é um órgão complexo que, de alguma forma, funciona em conjunto com a consciência para criar a personalidade de um ser humano, sempre aprendendo, sempre recriando e se regenerando. É ao mesmo tempo o produto da realidade e o criador da realidade, e a ciência está finalmente começando a entender como o cérebro cria a realidade.

Continuar lendo “Ciência explica por que reclamar altera negativamente o cérebro”

MÃES E FILHAS: O VÍNCULO QUE CURA, O VÍNCULO QUE FERE

Cada filha leva consigo a sua mãe.

É um vínculo eterno do qual nunca poderemos nos desligar.

Porque, se algo deve ficar claro, é que sempre teremos algo de nossa mãe.

Para termos saúde e sermos felizes, cada uma de nós deve conhecer de que maneira nossa mãe influenciou nossa história e como continua influenciando.

Ela é a que, antes de nascermos, ofereceu nossa primeira experiência de carinho e de sustento. Continuar lendo “MÃES E FILHAS: O VÍNCULO QUE CURA, O VÍNCULO QUE FERE”

O QUE É CONSTELAÇÃO FAMILIAR?

Constelação Familiar é uma abordagem inovadora, criada por Bert Hellinger (psicoterapeuta alemão), capaz de trazer à tona as dinâmicas ocultas do amor, com soluções que tem um efeito profundo e permanente, permite um novo olhar e uma nova compreensão de vida.

Por meio de técnicas que simulam “esculturas vivas” reconstruindo a árvore genealógica, que permite localizar e remover bloqueios do fluxo amoroso de qualquer geração ou membro da família. Continuar lendo “O QUE É CONSTELAÇÃO FAMILIAR?”

Momentos da 1a aula do Curso de Formação em Terapia Somática da Biossíntese

Alguns momentos do 1o dia de aula do Curso de Formação em Terapia Somática da Biossíntese.

Foi um dia repleto de momentos marcantes, iniciando com a escola interna com a Tomiko e na sequência Liane Zink com o tema : Princípios da Biossíntese a partir de uma sessão de David Boadella,

Teve até bolo de aniversário para as aniversariantes de janeiro e fevereiro.

Entenda mais sobre o curso, leia aqui.

12767919_10205530887903651_224114542_o 12765554_10205530888263660_804214903_o 12765819_10205530972985778_1737759875_o 12787576_10205530973465790_2007774590_o 12790111_10205532019211933_1909206443_o 12768099_10205532019651944_910284235_o 12768021_10205532021211983_1372442288_o 12767280_10205532495223833_1600883003_n 12784711_10205532500903975_1734081993_n 12784663_10205532502664019_1341550975_n